SEF notifica nove cidadãos estrangeiros em situação ilegal

Foram identificados nove cidadãos estrangeiros em situação ilegal, dos quais oito foram     notificados para abandonar o país de forma voluntária no prazo de 20 dias. Já o nono notificado reside em Estado-Membro da União Europeia (UE), mas não se encontrava habilitado a exercer actividade remunerada em Portugal.

Alguns dos estrangeiros identificados deverão comparecer nas respectivas delegações do SEF, a fim de se aferir melhor a sua situação no país.

Além disso, foram instaurados nove autos de contra-ordenação a entidades empregadoras, por recurso a mão-de-obra ilegal, cujo montante máximo total poderá ultrapassar os 73 mil euros.

A área de Lisboa contou com a colaboração de inspectores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), que efectuou diversas notificações para comparência.

A operação incidiu em estabelecimentos comerciais de restauração, tendo por objectivo o combate à imigração ilegal e o recurso abusivo a mão-de-obra estrangeira em situação irregular por parte de alguns dos estabelecimentos daquele sector de actividade.

A operação, assegurada a nível nacional por 77 inspectores do SEF, incidiu em 51 estabelecimentos, onde foram identificadas 185 pessoas, das quais 121 possuíam nacionalidade de país terceiro e 64 nacionalidade portuguesa ou da União Europeia.

In:www.cmjornal.xl.pt