Violador britânico mostra pénis a juiz durante o julgamento

Um violador despiu-se durante o julgamento no tribunal de Nottigham (Reino Unido), na quarta-feira, e, quando os policías o levavam para fora da sala, começou a gritar que era culpado.

De acordo com o jornal ‘Daily Mail’, Mawawe Ibraham Karam, um imigrante do Sudão, de 28 anos, foi acusado da violação uma jovem de 17 anos.

Contudo, o homem revelou alguma controvérsia. Inicialmente, afiançou ser inocente. No entanto, no julgamento que decorreu na quarta-feira, Mawawe mostrou o pénis a um juiz do sexo masculino e, quando os polícias o levavam para fora da sala, ainda se ouviram gritos de: “Sou culpado, sou culpado”.

“Por favor juiz, aplique-me a sentença hoje, por favor”, replicou ainda o arguido.

O homem foi condenado a dez anos de prisão por violação e roubo do telemóvel da vítima.

O caso remonta a 25 de Março. Mawawe arrastou uma rapariga, de 17 anos, para um beco e violou-a. A jovem acabou por ser abandonada, meio despida, na rua.

Só duas horas depois é que foi encontrada, quando um peão a ouviu a pedir ajuda.

Mawawe tem agora o seu nome no registo de agressores sexuais e terá que voltar ao seu país de origem depois de cumprir a sentença.

“Aproveitou-se da vulnerabilidade da vítima, arrastou-a até ao beco e sujeitou-a a uma violação horrível”, referiu inspectora Louise Jordan, que conduziu a investigação.

A inspectora acrescentou que a vítima “ainda se lembra do que aconteceu, mas conseguiu ter coragem e enfrentar o agressor no tribunal, onde foi feita justiça e o arguido foi condenado a uma pena longa”.

In:www.cmjornal.xl.pt

Mawawe Ibraham Karam, de 28 anos, foi acusado de violar jovem