Espanha. Polícia detém homem com 140 quilos de explosivos

A polícia espanhola deteve esta quinta-feira um homem que queria realizar atentado numa universidade nas ilhas Baleares, na cidade de Palma de Maiorca.

As informações iniciais apontavam para 125 quilos de explosivos, mas o “El País” avança agora com um número mais elevado, 140 quilos de explosivos.

De acordo com as autoridades espanholas, o homem, de 21 anos, não tem uma ideologia terrorista e queria apenas fazer uma matança semelhante à da escola de Columbine, realizada em 1999, que causou a morte a 13 pessoas.

O jovem, estudante de Electrónica, terá obtido os explosivos através da internet. O ministro espanhol do Interior disse que as autoridades espanholas encontraram documentos em caso do suspeito onde este declara o seu ódio à sociedade, sobretudo aos estudantes universitários e o desejo de colocar bombas naquele recinto universitário, admitindo a hipótese de suicídio depois de concluir o massacre.

A investigação policial terá começado há cinco, depois de terem sido encontrados na internet vários comentários referentes à matança na escola secundária de Columbine. O jovem terá tentando, meses antes desta tentativa de ataque, obter armas no mercado paralelo.

Durante os seus tempos de estudantes o jovem chegou enviar cartas intimidatórias para o Centro Educativo, responsável pela escola que frequentava.

In:www.ionline.pt