Professor suspeito de pedofilia impedido de lecionar

Homem de 52 anos, professor do ensino básico, detido na segunda-feira pela Polícia Judiciária em Rio Maior por suspeita de pedofilia, está suspenso da atividade letiva.

Ouvido em primeiro interrogatório judicial, o homem teve como medida de coação a suspensão da atividade letiva e vai ficar a aguardar o desenrolar do processo em liberdade, segundo fonte policial.

O homem é suspeito do crime de abuso sexual sobre uma menor de 13 anos, foi constituído arguido, prestou termo de identidade e residência e ficou impedido de dar aulas e de contactar a jovem e a família enquanto aguarda julgamento.

Como o JN avançou, o professor e a aluna são da Escola Básica Integrada de Marinhas do Sal/Rio Maior e o docente seria tutor da adolescente, ajudando-a em algumas disciplinas.

A escola não divulgou qualquer posição sobre o assunto.

In:www.jn.pt