Saídas Profissionais

No que concerne às saídas profissionais, embora seja uma ciência relativamente recente, a Criminologia permite-nos ingressar em qualquer força policial, em qualquer sistema prisional, nos serviços de reinserção social, nos centros educativos para menores delinquentes, nas comissões de proteção de crianças e jovens em perigo (CPCJP), nos centros de acolhimento e assistência a vítimas, nos centros e projetos de prevenção e tratamento da toxicodependência, nos projetos de prevenção na área da criminalidade e da segurança, nas autarquias e claro está, no ensino da criminologia.

Relativamente às forças policiais estas incluem a Polícia Judiciária (PJ), Polícia de Segurança Pública (PSP), Guarda Nacional Republicana (GNR), Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), Polícia Marítima, Polícia do Exército, Polícia Aérea e Polícia Naval, Polícias Municipais e Polícia Judiciária Militar.

Os sistemas prisionais regem-se pela DGSP – Direção dos Serviços Prisionais. O concurso para os sistemas prisionais engloba várias carreiras de entre as quais podemos destacar a categoria de Técnico Superior e de Guarda Prisional. Aos Serviços de Reinserção Social incumbe a tarefa de executar as políticas públicas da administração de prevenção criminal e de reinserção social de jovens adultos.

Os Centros Educativos para Menores Delinquentes destinam-se ao internamento de jovens que tenham cometido algum facto ilícito e que tenham uma idade compreendida entre os 12 e os 16 anos. Contudo, o internamento poder-se-á prolongar até aos 21 anos. Nestes locais trabalha-se a prevenção da reincidência e educa-se os jovens para a cidadania.

Os Centros de Proteção de Crianças e Jovens são instituições que têm como principal objetivo a promoção dos direitos das crianças e jovens bem como a proteção dos mesmos. Servem para prevenir ou findar com situações que ponham em causa a segurança, saúde, formação e educação das crianças e dos jovens.

Os Centros de Acolhimento e de Assistência a Vítimas que incluem por exemplo, a tão conhecida APAV, têm como finalidade informar e proteger as vítimas de infrações penais, e atuar nos casos em que estas tenham tido lugar.

Nos Centros e Projetos de Prevenção e Tratamento da Toxicodependência, a finalidade principal é a prevenção da toxicodependência bem como a reabilitação e a reinserção dos toxicodependentes. OS CAT – Centros de Atendimento a Toxicodependentes, as Unidades de Desabituação e os CIAC – Centros de Informação e Acolhimento são alguns exemplos destes centros.

Uma outra área onde os criminologistas podem ingressar é nos Projetos de Prevenção na área da Criminalidade e da Segurança que, como o próprio nome indica, vão no sentido de prevenir a atividade criminal. Alguns dos Projetos mais conhecidos são o Programa Escola Segura e o Programa Comércio Seguro.

Todos os site destas instituições e centros que falamos estão disponíveis para consulta na página de Links de interesse.